Archive for the Lançamento Category

Mais de Adidas Star Wars

Posted in Acessório, Coleção, design, Filme, Lançamento, Monstro, Nerd, Produto with tags , , , , , , , , , , on 6 de agosto de 2010 by taisbottesi

Mais produtos da coleção Star Wars da Adidas!!

Já havia postado aqui a primeira parte da coleção, e ainda tinha comentado que ficaram faltando os Droids.. pois não faltam mais! Além de R2-D2 e C-3PO tem Han Solo, Boba Fett, e Jabba the Hutt.

R2-D2 / C-3PO

R2-D2 / C-3PO

Boba Fett

Boba Fett

Boba Fett

Jabba the Hutt

Jabba the Hutt

Han Solo

Han Solo

Vi aqui, ainda não tem no site da Adidas.

Anúncios

Venomous Villains da MAC

Posted in Acessório, Beleza, Coleção, design, embalagem, Filme, Ilustração, Lançamento, Maquiagem, Musa, Produto, Unha with tags , , , , , , , , , , , , , , , on 15 de julho de 2010 by taisbottesi

Venomous Villains da MAC

Venomous Villains da MAC

Venomous Villains da MAC

O lançamento internacional é lá por outubro. E tão bons quanto as embalagens liiiindas são os nomes dos produtos, achei uma graça!

Rainha Má

BATOM
• Toxic Tale (coral aceso)
• Sinister (marrom ameixa claro)

GLOSS
•Strange Potion (rosa coral claro)
• Hot House Deep (framboesa com brilho rosa)

SOMBRA
• Her Alter Image (violeta claro)
• Vainglorious: (vinho bronze)
• Vile Violet (roxo azulado profundo)

BEAUTY POWDER
• Oh So Fair (rosa médio com brilho dourado)

BLUSH
• Bite of an Apple (rosa coral claro)

Malévola

BATOM
•Violetta (roxo violeta)
• Dark Deed (vinho ameixa)

GLOSS
• Revenge is Sweet (roxo amarelado claro)
• Wrong Spell (ameixa profundo com roxo rosado)

SOMBRA MINERAL
• My Dark Magic (pink profundo com brilho rosa / ameixa profundo com brilho roxo)
• She Who Dares (azul profundo com brilho azulado / verde floresta profundo com brilho verde limão)

BEAUTY POWDER
• Briar Rose (rosa violeta claro com brilho)

ESMALTE
• Bad Fairy (vermelho com pigmentos furta-cor)
• Formidable! (verde azulado com brilho)
• Mean & Green (roxo com pigmentos verdes-azulados)

Cruella

BATOM
• Innocence, Beware! (rosa amarelado claro)
• Heartless (vermelho cereja)

GLOSS
• Wicked Ways (nude claro com brilho dourado)
• Devilishly Stylish (fúcsia profundo com brilho pink)

SOMBRA
• De-vil (cobre)
• Sweet Joy (dourado pálido cremoso)
• Carbon (preto intenso)

DELINEADOR
• Rapidblack (preto)

BEAUTY POWDER
• Her Own Devices (nude frio)

BLUSH
• Darkly My Dear (ameixa amarronzado)

Dr. Facilier

LIPGELEE
• Resort Life (off-white com brilho rosado)

LÁPIS DE OLHO
• Slick Black (preto carbono)
• French Quarter (preto esverdeado com brilhos furta-cor)

SOMBRA PIGMENTADA
• Melon (pêssego dourado aceso)
• Push the Edge (magenta aceso)
• Brash & Bold (roxo aceso profundo com brilho)

MAGICALLY COOL LIQUID POWDER
• Truth and Light (brilho que reflete prata e rosa)
• Cajun Bronze (bronze com reflexos dourados)

Vídeo

E tem um videozinho no site da MAC, só pra dar aquela instigada…

Eu adorei o pouco que vi da coleção, mesmo porque, sempre preferi as vilãs ao invés das chatas das princesas, fora que as roupas também eram bem mais legais.

A listinha de produtos eu vi aqui.

Brasil Black Pack Collection + Brasil Pitch Black Installation + Speto

Posted in animal, Arte, Coleção, Esporte, Ilustração, Lançamento, Meninos, Moda, Personalidade, Produto with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on 23 de junho de 2010 by taisbottesi

O clima da copa contagia, não dá pra negar! Mas não tinha encontrado nada com alguma ligação com o blog (aparentemente vuvuzela não combina com rock..). Mas hoje eu achei!

E fora que vem bem a calhar pra mim porque, como brasileira e torcedora, eu queria vestir a camisa da seleção, literalmente, mas o verde, amarelo e ocasionalmente o azul não me favorecem… mas, eis que vejo essa coleção foda da Nike que é toda em… preto! Uau! E ainda tem uma linha com desenhos do Speto que é muito boa!

As fotos são de uma loja da Nike Sportswear em NY, a flagship da 21 Mercer Street, que foi toda montada pra receber a coleção com direito a grafites in loco do Speto.

Olha só:

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Brasil Black Pack Collection

Nike Sportswear 21 Mercer

Brasil Black Pack Collection

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer - O Brasa é foda! Huh!

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Brasil Black Pack Collection

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Nike Sportswear 21 Mercer

Brasil Black Pack Collection

Speto

Speto

Speto

Speto

Speto

O canarinho! Eu quero essa!!

Link da coleção black pack aqui.

Link do site FreshnessMag que é ótemo, e foi onde eu vi isso tudo e peguei as fotos, aqui.

Link do Speto, aqui.

Eu querooo!! Dsquared2 shoes!

Posted in Acessório, Arte, Coleção, design, Eu querooooo!, Lançamento, Moda, Produto, Sapato with tags , , , , , , , , , , , , on 18 de junho de 2010 by taisbottesi

Dsquared2 fall/winter 2011

Dsquared2 fall/winter 2011

Dsquared2 fall/winter 2011

Dsquared2 fall/winter 2011

Dsquared2 fall/winter 2011

Aqui o link para o site da Dsquared2 com o desfile e aqui o link das fotos.

Morri!

50 anos de Psicose

Posted in Aniversariante do Dia, Filme, Lançamento, PB, Terror, Vintage with tags , , , , , , , on 16 de junho de 2010 by taisbottesi

Psicose 1960

Janet Leigh - a Marion Crane passando maaaaal no banho. Até hoje tomo banho de olhos abertos por culpa dessa cena... tsc.

Então hoje “Psicose” está fazendo 50 anos!

Não podia deixar de postar alguma coisa… adoro o filme, adoro o Hitchcock e sua mente perturbada..kkk!

Saiu um texto no UOL falando sobre isso e sobre o lançamento em 19 de outubro (sem informações sobre data para o lançamento no Brasil) de uma edição especial em blu-ray, o “Psycho 50th Anniversary Edition” que terá uma versão remasterizada do filme em HD, vários extras, um documentário sobre como foi feito o filme, o trailer original e uma análise da cena do chuveiro.

Psycho 50th Anniversary Edition

O texto ainda cita umas curiosidades sobre o filme falando de sua trilha sonora por exemplo, composta por Bernard Herrmann que, em 2009, foi votado como a mais aterrorizante da história do cinema pela PRS for Music ou ainda que, para que o público não soubesse do fim do filme que era baseado no romance de Robert Bloch com o mesmo nome, Hitchcock comprou todas as cópias da primeira edição do livro.

Pra quem quer saber mais sobre o filme: IMDB, Wikipédia e Wikipedia (inglês). E a musiquinha…tenso.

E para quem já quer garantir um, tem Pre-order na Amazon.

Pegadinha do tio Ozzy!

Posted in Disco, Lançamento, música, Personalidade, Rock'n'Roll, video with tags , , , , , , , , , on 28 de maio de 2010 by taisbottesi

Ozzy Osbourne - Scream

Daí que o Ozzy ta lancando seu novo CD, o “Scream” e resolveu participar pessoalmente da divulgação fazendo uma pegadinha com fãs.

Ele fingiu ser uma estátua de cera no museu Madame Tussauds e quando o pessoal chegava pra tirar foto com o “Ozzy de cera” ele mandava um bu!

Tudo gravado num vídeo e postado no site dele.

Ozzy zuando pra caralho...

Palhacinho das trevas..kkk!

O que Keith Richards faria em seu lugar?

Posted in Lançamento, Livro, música, Personalidade, Produto with tags , , , , , , , , on 28 de maio de 2010 by taisbottesi

O que Keith Richards faria em seu lugar?

Esse é um livro de auto ajuda (!!), que usa toda a sabedoria e filosofia do Keith ao melhor estilo rock’n’roll de levar a vida, pra ajudar e motivar você em momentos complicados e foi lançado agorinha, dia 23 deste mês.

O texto a seguir é da folha, foi publicado algum tempo atrás, antes do lançamento do livro, e fala um pouco sobre os 26 mandamentos do “Keithismo”. Eu, obviamente, não faria melhor então lá vai:

“Logo no primeiro capítulo, Jessica descreve os princípios do chamado “Keithismo” – os “26 dez mandamentos” do roqueiro. A autora mostra para o leitor como Richards desafiou e desafia as leis da sociedade, da medicina e do bom senso, e continua vivendo graças a uma filosofia singular.

Filosofia essa que já o colocou na prisão e o incriminou. Richards perdeu um filho, perdeu a si mesmo e se recuperou. A vida não lhe parece ganha, pelo contrário, está confinada às idiossincrasias que rondam o ser humano.

A Livraria da Folha selecionou três dos 26 princípios do “Keithismo”. Leia abaixo:

1. Conheça a si próprio
2. Somos todos iguais debaixo da pele
3. Não existem segredos
4. Aceite os Rolling Stones como seu senhor metafórico
5. O formato da banda é um modelo de interação
6. Aceite (ou pelo menos tolere) seu Mick interior e exterior
7. Alimente seu Charlie interior
8. Aceite seus vícios, encare-os com humor e livre-se da culpa
9. Use a música à sua volta, sua antena e sua guitarra interior
10. Coloque em prática a antiga arte da tecelagem
11. Conquiste os clássicos
12. Saia de dentro da própria cabeça e permita-se sentir
13. Mesmo que tenha que fazer isso em segredo, seja gentil
14. Aprecie uma vida nômade – mesmo que nos confins de uma pequena cidade
15. Aceite e viva com o passado (a grande história) e o futuro (a possibilidade)
16. A respiração criativa – inspire o que você ama

“Eu cheirei o meu pai. Ele foi cremado, e eu não pude resistir misturar um pouco de suas cinzas com um pouco de pó. Meu pai não se importaria. Desceu bastante bem, e eu ainda estou vivo.”

Cheirar as cinzas do pai. Uau! Gostaria de ter bolado isso. Quando a revista britânica “New Music Express” perguntou a Keith em 2007 qual tinha sido a coisa mais estranha que já cheirara, esse comentário sobre o pai foi recebido com uma tempestade de choque e horror.

Keith rapidamente recuou – disse que estava brincando. Depois recuou novamente: sim, é verdade, ele disse; e afirmou ter fingido que inventara somente para não ma goar a mãe, que estava morrendo. Talvez ele não quisesse que a mãe pensasse que ele pretendia fazer o mesmo com ela.

É verdade que um bocado do que Keith inalou criativamente ao longo dos anos, além do pai, se enquadra na categoria de “substâncias ilegais” ou “medicina recreativa”, mas ele também sempre inalou, de maneira exuberante, aquilo que o sustenta: música, família, amigos, sinuca, gargalhadas.

De acordo com Harold Schechter em um editorial do “New York Times”, cheirar o pai não é tão absurdo assim. Vem de uma prática de canibalismo funerário, a qual “brota de um impulso profundo e muito humano: o desejo de incorporar a essência de alguém amado dentro do próprio corpo; a crença de que, quando alguém próximo morre, a pessoa vive dentro de nós, tornando-se uma parte imortal de nosso ser mais profundo.”

Talvez todos nós devêssemos participar desse tipo de inalação.
E com freqüência. Inspire o que você ama.

17. Seja forte, seja corajoso e não ceda às ordens das autoridades
18. Dê valor à família e aos amigos independente da loucura que eles podem provocar.

“A única maneira de você ser como eu é tendo uma boa família.” Num primeiro olhar, esse pode ser um chocante sentimento anti-Keith. O fora da lei todo sentimental sobre família? Mas isso vem de um cara que já foi uma criança orelhuda que entrava em pânico toda vez que não encontrava sua mãe no lugar combinado para buscá-lo depois da aula. É também o mesmo cara que, na prisão, escreveu uma carta enquanto olhava para o céu pela janelinha mínima da cela: “querida mamãe, não se preocupe…”

Ninguém poderia dizer que Keith é o queridinho da mamãe, mas fatos são fatos. E isso acabou sendo uma coisa boa. Ele tratava bem sua mãe. E, depois de vinte anos de estranhamento com o pai, eles se reconciliaram, tornaram-se amigos chegados e parceiros de dominó. Seu pai, sua ex-mulher, sua mulher atual e seus filhos sempre foram aos seus shows. Seu casamento tem quase trinta anos. Ele jamais revelou qualquer coisa íntima sobre a vida dos filhos.

E, apesar de não ser, certamente, um pai, um marido ou um filho tradicional, sua família sempre sabe onde encontrá-lo e sabe que seu amor está sempre presente.
Uma palavra de sabedoria de Keith: cuide de sua família, mesmo que tenha que fazê-lo em segredo. Sempre funcionou para ele. Pode apostar que essa é uma das razões para que tenha mantido a amizade com Mick Jagger desde os anos 40. Existem boas ações acontecendo discretamente. Mesmo que você carregue uma faca no bolso da calça, ou tenha que levantar um machado ou um revólver para Ron Wood de vez em quando, isso não significa que você não é leal.

Sobre família: “Se você tiver uma chance, experimente, porque é uma das coisas mais especiais da face da terra. Ela oferece aquele último elo perdido sobre o sentido da vida.”

Sobre os amigos: “A única maneira de saber se um cara vale alguma coisa é apostando nele. Às vezes os amigos nos decepcionam, às vezes não. Mas você precisa apostar, caso contrário, não ganha nada de nada.”

19. Coloque-se. A honestidade é medicinal

Você acredita nas coisas que Keith diz sobre Mick para a imprensa?
E o que Mick diz de Keith?
E o que Keith diz sobre Ronnie? E o que Ronnie diz sobre Keith?
E o que Charlie diz sobre Mick?

Talvez nem todos consigam sair ilesos, mas, de alguma forma, isso funciona com os Stones. Uma porção de cachorros latindo. É algo a ser imitado.
É melhor botar para fora que guardar.

Existe uma regra aqui, no entanto, relativa àquilo que pode e ao que não pode vazar. Já reparou que, com todos os membros da banda falando abertamente sobre os outros publicamente, nenhum deixou escapar algum segredo do outro? O que eles estão manifestando publicamente são opiniões. Coisa pequena. Fazer piada da roupa de lycra colante incrivelmente embaraçosa do gêmeo do mal, do vexame de entrar em palco dentro de uma máquina usada para colher frutas, ou da interminável pulação à la Peter Pan durante a performance. Ou pegar no pé de namoradas cujos papos são tão interessantes quanto falar com uma janela aberta. Ou fazer pouco das pretensões políticas do gêmeo do mal. O que está por baixo das relações é sempre mantido em silêncio de honra. Perceba que confidências são guardadas. Ninguém entrega ninguém. Siga essa regra. Como costumam dizer aqueles que o conhecem: “Não se quebra uma promessa feita a Keith.” E pode ter certeza de que isso funciona em mão dupla. Você pode falar, descarregar, ter uma boca grande, mas conheça sempre os limites éticos. Passe dessas linhas e você entrará no território: “Você ferrou com o Keith?” Não existe floresta mais escura que essa.

20. Talismãs têm poder
21. Aceite Max Miller na sua vida. (Ou: É tudo uma tremenda piada, porra. Ria.)
22. A experiência é o “preço da educação”
23. Viva e deixe viver
24. Merdas acontecem
25. Quando se desesperar, lembre-se: tem sempre o futuro
26. Passe adiante”

Autor: Jessica Pallington West
Editora: Fontanar

Adorei e já me tornei discípula!

Tem pra vender aqui. Bom presente de dia dos namorados também, hein?!